Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Partilhe Artigo
X
O bebé e os avós: uma relação especial!

O bebé e os avós: uma relação especial!

 

Os meus pais adoram tomar conta da minha filha, mas às vezes "estragam-na com mimos" e deixam-na fazer tudo o que lhe apetece. Como posso falar com eles sobre isto?

Terça, 24 de Maio de 2016

Avós

 

Dinâmicos, desportistas, viajantes ou ainda ativos profissionalmente... os avós de hoje sabem tirar o melhor partido da vida. Também adoram tomar conta dos netos e podem ser uma ajuda preciosa para si, desde que não lhes peça para deixarem as suas atividades e liberdade! Aspirações, compromissos, cumplicidade e momentos felizes são os componentes essenciais desta relação muito especial.

 

Um papel diferente

Os avós desempenham um importante papel na vida das crianças. Os psicólogos consideram-nos "figuras secundárias de socialização". Tal como os pais, passam valores aos netos e fornecem uma imagem diferente do mundo.

São a ligação entre o passado e o presente, e representam a história familiar. Mostram fotografias antigas aos netos e falam-lhes da juventude dos pais. Dão orientação e raízes que permitem o crescimento da criança. Protegida e guiada pelos pais e pelos avós, a criança consegue olhar o futuro com confiança.

Os avós são complementares aos pais pois conseguem fazer todas as coisas que o pais não podem fazer por falta de tempo: brincar, conversar, passear ou ir a um museu!

 

É muito mais divertido em casa da avó e do avô!

Para além do papel educativo, os avós também formam um laço insubstituível com os netos. Basta ver como os netos saltam para cima dos avós, quando eles chegam… Os avós têm muitas vezes o papel de "bonzinhos" com os netos. Livres das reponsabilidades da educação dos netos, estão mais disponíveis, têm mais tempo para ouvir e são normalmente mais descontraídos.

Para os netos, os avós estão muitas vezes acima de qualquer companheiro de brincadeira, e sabem como tirar partido disso! Compreendem rapidamente que podem fazer coisas com os avós que não são permitidas em casa! Quando se portam mal o avô e a avó às vezes deixam passar aquilo que os pais não deixariam. Assim, quando voltam para casa pode ser difícil fazê-los portarem-se bem de novo!

Uma coisa é certa, os pais é que têm a última palavra em relação à educação dos filhos. Para permitir ao seu filho ou filha compreender gradualmente as regras, seja clara desde o princípio. Por exemplo, pode fazer uma lista das regras da casa que se devem aplicar também aos avós. Cama às oito da noite, história antes de dormir, lavar as mãos antes de ir para a mesa, colocá-los de castigo quando se portam mal, etc. Também pode indicar as coisas em que são necessários cuidados especiais como o treino para largar as fraldas e se – ou quando – deixa a sua criança comer chocolate!

Ler mais

Junte-se ao Clube Bebé Nestlé

Ser mãe pode ser um descanso. Inscreva-se no nosso clube e receba informação personalizada para si e para o seu bebé!

  • presenteOfertas Exclusivas
  • newsletterInformação Personalizada
  • amostrasAmostras
  • Programa Educativo de NutriçãoPrograma Educativo de Nutrição

Inscreva-se já!

Conteúdo Relacionado
Artigo Comentários