Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Partilhe Artigo
X
O bebé descobre um novo universo de sabores!

Mastigar e morder: O bebé descobre um novo universo de sabores!

 

Desde o seu nascimento, o meu bebé foi alimentado exclusivamente com leite materno e/ou leite infantil. Com o início da diversificação alimentar, vou apresentá-lo aos alimentos “sólidos” e a uma enorme variedade de novos sabores e texturas. Que grande revolução!

Sexta-feira, 1 de Abril de 2016

A revolução dos sabores e texturas!

 

Na evolução do crescimento e desenvolvimento do bebé, todos os progressos estão interligados entre si! Ao fim de alguns meses, a sua pequena boca é capaz de aceitar outros alimentos para além do leite. O seu bebé está agora preparado para descobrir não só novas texturas mas também novos sabores incríveis. Isto é uma experiência extraordinária que, no mínimo, vai revolucionar a sua vida!

 

Mastigação: um passo imprescindível no desenvolvimento do bebé

Enquanto a sucção é um ato reflexo, a mastigação é o resultado de um processo de aprendizagem que começa por volta dos quatro meses e que se aperfeiçoa até perto do primeiro ano de vida. É por esta razão que é impossível que um bebé pequeno coma algo além do leite materno e/ou leite infantil durante os seus primeiros três meses de vida. A sua pequena língua vai instintivamente empurrar qualquer alimento sólido. A caminho dos 4/5 meses, todo um mundo novo se abre para o seu bebé. Cada passo será seguido de um novo passo, como se fosse um jogo de bonecas russas!

Primeiro que tudo o bebé vai descobrir que pode sugar, chuchar, mordiscar e manter um pedaço de comida na boca, novas sensações que os bebés vão adorar! Cerca de dois meses mais tarde, o seu desenvolvimento psicomotor e o aparecimento dos dentes incisivos vão permitir-lhe começar a mastigar. Graças a esta nova habilidade, os músculos das bochechas, lábios e faringe ficam mais fortes. O bebé faz a descoberta surpreendente de que conseguem partir os alimentos na boca.

O aparecimento dos gostos pessoais marca o início da construção do seu "eu". Em breve será capaz de comer alimentos em pequenos pedaços. Enquanto o seu bebé aperfeiçoa a sua técnica de mastigação, os seus maxilares alongam-se e formam-se. Se a diversificação alimentar desenvolve-se de forma progressiva, o bebé irá ter menos infeções dos ouvidos e, mais tarde, terão visitas menos frequentes ao dentista. Além disso, durante esta fase de aprender a mastigar, o seu pequeno anjo também conseguirá eventualmente agarrar a sua colher e o biberão sem ajuda. A sua função é guiá-lo por estes passos de independência alimentar.

 

Que fazer entre os 4 e os 12 meses: estimular sem forçar!

Está na altura: o seu bebé está finalmente pronto para explorar novos horizontes de sabor. Dividido entre a curiosidade e o medo do desconhecido, o seu bebé se iniciará de forma tímida no mundo culinário. O seu papel é respeitar cada etapa no seu processo de maturação e nunca forçar.

  • Entre os 4 e os 6 meses: Ofereça os primeiros alimentos com um sabor simples e textura suave, que sejam semelhantes ao leite, para que o bebé tenha uma transição tão suave como possível.
  • Entre 7 e os 8 meses: Substitua gradualmente os purés de legumes e de fruta com uma textura suave por purés esmagados, que têm uma maior textura.
  • A partir dos 9 meses: Deve passar a dar os alimentos mais suaves em pequenos pedacinhos, como massinhas, pequenos cubos de batata bem cozida, arroz bem cozido, fruta e vegetais bem cozidos, etc. Continue a triturar a carnes e o peixe já que a sua textura é mais fibrosa e difícil de mastigar.
  • A partir dos 12 meses: Avance! A refeição do seu bebé deve incluir pequenos pedaços de alimentos de consistências mais ou menos espessas e estaladiças. Esmague os alimentos com um garfo, experimente oferecer fatias de cenoura cozida, pequenos pedaços de tomate sem pele, etc. No entanto, não se esqueça que o seu "menino” ou “menina” mais crescido ainda não consegue comer como um adulto. Não force a comer os alimentos ricos em proteínas, ou seja, carne e pescado, e prefira leite, produtos lácteos e cereais. 

 

Que papel tem o meu bebé em isto tudo?

Mesmo que siga todas as recomendações dos livros o seu bebé também vai querer dizer qualquer coisa. Aqui ficam alguns conselhos:

Para ajudar o seu bebé a identificar diferentes texturas:

  • Ofereça uma parte da refeição em puré e o resto da refeição esmagada ou em pequenos pedacinhos segundo a idade do bebé.
  • Deixe (pontualmente) o bebé tocar nos alimentos com as suas mãos para que possa desenvolver todos os seus sentidos.
  • Se o seu bebé não gosta em particular de uma consistência ou textura específica: espere alguns dias e depois volte a experimentar a mesma textura com outro alimento.

Se o seu bebé se recusar a experimentar um novo alimento novo: não o force a comer. A diversificação alimentar é um processo complicado pelo que não deve ter pressa! Não torne as refeições num "braço de ferro" emocional (evite o "come só esta pela mãe") ou uma guerra de vontades. O seu bebé pode apenas precisar de algum tempo para se ajustar a todas as novidades! 

 

Importante:

  • Não espere muito tempo para introduzir a comida esmagada. Se oferecer ao bebé comida em puré durante demasiado tempo, o bebé vai ter grandes dificuldades em aceitar depois texturas mais "rijas".
  • Quando começar a dar pequenos pedaços de alimentos, assegure-se que não são muito duros ou demasiado grandes, que podem ser facilmente engolidos e ir pelo "caminho errado"!

Ler mais

Junte-se ao Clube Bebé Nestlé

Ser mãe pode ser um descanso. Inscreva-se no nosso clube e receba informação personalizada para si e para o seu bebé!

  • Ofertas ExclusivasOfertas Exclusivas
  • Benefit 3Informação Personalizada
  • Amostras e Vales
  • Programa Educativo de NutriçãoPrograma Educativo de Nutrição

Inscreva-se já!

Conteúdo Relacionado
Artigo Comentários