Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Partilhe Article
X
Que alimentos devo evitar na gravidez?

Que alimentos devo evitar na gravidez?

 

Posso consumir peixe cru? Posso comer queijo não pasteurizado? Posso comer carpaccio de carne? A minha mãe disse-me que quando esteve grávida de mim não tinha cuidados com o que comia. Porque é que devo ter tantas precauções hoje em dia?

Sexta-feira, Agosto 26th, 2016

Alimentos proibidos na gravidez

 

Atualmente está comprovado que se está grávida deve ter precauções com a sua alimentação. Algumas infeções transmitidas pelos alimentos, como a listeriose e a toxoplosmose, podem ser graves durante gravidez. Mas não entre em pânico: com bons hábitos alimentares, não vai correr qualquer risco!

 

Para evitar qualquer risco de listeriose

A listeriose é uma doença provocada por uma bactéria, a listeria, que está presente na carne crua, marisco, fruta, vegetais e queijos não pasteurizado... Todos nós podemos ficar doentes com uma listeriose. Nas pessoas saudáveis, esta é uma infeção simples e benigna. Mas em mulheres grávidas os riscos são muito graves como aborto, parto prematuro, dificuldades respiratórias, etc.

Os sintomas de listeriose podem não ser detetados, chegando a passar totalmente despercebidos, ou podem parecer uma constipação com uma febre ligeira. Se for esse o seu caso e notar alguns dos sintomas, consulte o seu médico para que possa prescrever uma análise ao sangue, para confirmar a presença desta bactéria. No caso do resultado ser positivo, terá de ser prescrito um antibiótico.

Para evitar esta situação, é essencial adotar bons hábitos alimentares como:

  • Evite ingerir qualquer alimento cru como: leite não pasteurizado ou qualquer produto lácteo feito a partir de leite não pasteurizado (por ex. deve escolher queijo pasteurizado), peixe cru (por ex. sushi, salmão fumado, etc.), marisco cru, carne crua (por ex. carpaccio, bife tártaro, etc.), ou ovos crus (por ex. doces preparados com ovo cru como mousse, etc…).
  • Prefira fiambre fatiado e embalado na fábrica do que cortado na altura.
  • Cozinhe bem toda a carne e peixe antes de comer.
  • Lave a fruta e vegetais antes de os preparar ou cozinhar. Um truque: lave-os num recipiente cheio de água com uma colher de sopa de vinagre. Não deixe que as frutas e os vegetais muito tempo de molho, para evitar perder-se algumas vitaminas e minerais.

 

Para evitar qualquer risco de toxoplasmose

A toxoplasmose é uma doença provocada por um parasita transmitido por gatos (também conhecida como "doença dos gatos") e não é grave, exceto em mulheres grávidas que não estejam imunes, podendo causar malformações graves no feto. Para saber se está imunizada contra a toxoplasmose, o seu médico irá prescrever-lhe uma análise ao sangue no início da gravidez. A maior parte das mulheres (cerca de 50% delas) contraíram esta doença sem dar por isso, e como se de uma vacina se tratasse podem vir a formar anticorpos em caso de novo contacto com o parasita.

O número de infeções durante a gravidez é estimado em cerca de 2.700 por ano. Entre estes, cerca de 600 casos são de toxoplasmose congénita (transmitidas para o feto), das quais 175 têm consequências. Para as que não estão imunizadas é essencial que tenha o dobro do cuidado e que cumpra as rígidas regras de higiene alimentar. As precauções são as mesmas para a listeriose: lave a fruta e os vegetais muito bem com vinagre, evite todos os leites e produtos lácteos crus e não pasteurizados, cozinhe bem a sua carne, etc. Evite qualquer contacto com gatos, especialmente com os seus excrementos quando mudar a areia!

 

Outras regras de higiene importantes

Além das regras anteriores citadas, é importante ter alguns cuidados alimentares com:

  • Verifique sempre a data de validade dos alimentos.
  • Evite comer sobras, ou pelo menos, reaqueça-as bem antes de comer.
  • Lave as suas mãos antes de preparar as refeições e sentar-se à mesa.
  • Assegure-se que todos os sítios onde são guardados os alimentos estão devidamente limpos. Limpe regularmente o frigorífico e os armários com lixívia.

Mesmo seguindo as outras precauções alimentares, lembre-se que o álcool não é recomendado durante a gravidez. Restrinja também o consumo de bebidas estimulantes como o café, chá, ou outras bebidas com alto conteúdo em cafeína, como refrigerantes tipo cola. Opte por café descafeinado e infusões de ervas e tisanas (por ex. camomila).

Ler mais

Junte-se ao Clube Nestlé Bebé

Ser mãe pode ser um descanso. Inscreva-se no nosso clube e receba informação personalizada para si e para o seu bebé!

  • Ofertas ExclusivasOfertas Exclusivas
  • Benefit 3Informação Personalizada
  • Amostras e Vales
  • Programa Educativo de NutriçãoPrograma Educativo de Nutrição

Inscreva-se já!

Conteúdo Relacionado