Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Partilhe Artigo
X
Os grandes progressos do meu bebé

Os grandes progressos do seu bebé!

 

Quando é que o meu bebé vai sorrir, falar ou andar pela primeira vez? Que alimento está melhor adaptado ao seu desenvolvimento? Quais são as "primeiras vezes" importantes a não perder?

Sexta-feira, 20 de Maio de 2016

Desenvolvimento psicomotor

 

Se pensa que os bebés progridem devagar, é melhor pensar duas vezes. Cada mês (ou mesmo cada dia!) traz novas capacidades e progressos surpreendentes. É apenas uma das razões para os orgulhosos pais nunca se cansarem de se maravilhar a "ina-cre-di-tável" capacidade do seu rebento. Contudo, por vezes, surge a preocupação se o seu bebé se atrasa em qualquer das etapas do desenvolvimento (falar, andar, largar as fraldas, comer sozinho) quando comparado com o bebé dos seus amigos! Ou, talvez, o seu bebé recusa comer fruta e legumes?!

Alexandre Prouteau, um especialista Francês em desenvolvimento psicomotor ajuda a decifrar os progressos do seu bebé.

 

Porquê e como sorri, tagarela, se senta ou anda um bebé pela primeira vez?

Todas as crianças desenvolvem-se, da cabeça para os pés e do centro do corpo para as extremidades (pontas dos dedos das mãos e dos pés). Estar consciente deste princípio fundamental torna mais fácil compreender como o seu bebé se desenvolve e como várias capacidades são adquiridas. Para além desta "explicação técnica", o que mais fomenta o desenvolvimento da criança é a estimulação e o desejo de descobrir o mundo e de se tornar independente. Todos os sentidos se juntam nesta exploração: audição, olfacto, tacto, paladar e visão. Não funcionam separadamente, mesmo que alguns dos sentidos estejam mais aguçados do que outros no momento do nascimento, ou no útero materno, como o olfacto, a audição e o paladar. As "primeiras vezes" não dependem de um único factor, mas sim de uma combinação de factores.

 

A partir de que idade o bebé reconhece caras?

A visão é o último sentido a desenvolver-se. Aos dois meses, o seu bebé só consegue ver a forma redonda da sua cabeça e os olhos. Reagem a estímulos, mas não reconhecem visualmente a mãe, apenas a reconhecem através da voz e do cheiro. Nesta etapa, o seu bebé vai experienciar várias "primeiras vezes" quase em simultâneo. O sorriso sociável ocorre quando o bebé reage a um estímulo. A pequena cabeça move-se de um lado para o outro, observando o mundo que o rodeia. Aos três meses meses – finalmente – já consegue identificar as caras dos seus familiares.

 

Porque é que por volta dos três meses os bebés tentam agarrar tudo o que veêm?

Ao princípio, é completamente por acaso! O bebé agarra objetos sem querer, descobrindo mais um aspecto extraordinário do mundo que o rodeia; a suas mãos entram no seu campo de visão! O seu bebé passa a ser capaz de rodear objetos com os dedos, e por isso é necessário estimulá-lo para que possa descobrir esta extraordinária capacidade!

 

Quando devo começar a dar novos alimentos, para além do leite?

Entre os 4 e os 6 meses, o desenvolvimento oral do bebé permite que se experimentem os primeiros novos alimentos, de consistência mais sólida, muitas vezes precedida da chegada do primeiro dente! Aos nove meses, o bebé já estará a roer a sua primeira côdea de pão.

 

O que incita os bebés a começar a andar?

Como especialista em desenvolvimento psicomotor, posso dizer-vos que o que motiva os bebés a andar pela primeira vez, é a vontade de se tornarem independentes e de imitar os pais, e isto também se aplica a outras capacidades.

Entre os 6 e os 10 meses, o seu bebé consegue virar-se de barriga para baixo, depois sentar-se sozinho (por volta dos sete meses) e é capaz de apoiar a mão no chão à sua frente para se poder virar. Por volta dos 10-11 meses, surgem os primeiros passos de lado, hesitantes, agarrando-se aos móveis.

A capacidade psicomotora do bebé vai melhorar através de dez grandes desenvolvimentos:

  • rastejar;
  • gatinhar;
  • andar: normalmente, entre os 13 e os 18 meses;
  • correr;
  • saltar;
  • trepar;
  • carregar;
  • puxar;
  • empurrar;
  • e atirar!

Por vezes as crianças "saltam" certas etapas, como a etapa de gatinhar.

 

O que faz com que os bebés pronunciem a primeira palavra?

Aprender a linguagem depende da capacidade dos bebés e do ambiente em que se encontram. Crianças que acabam de assistir à chegada de um pequeno irmão ou irmã demoram mais tempo a começar a falar. Outras, aos 18 meses, já "falam pelos cotovelos".

Em média:

  • por volta dos 15 meses, os bebés pronunciam as primeiras palavras, os bem conhecidos pares de palavras: "chapai" para significar chapéu do pai. Só os pais – ou somente a mãe – entendem estas palavras, mas cada uma delas traz emoções intensas, por serem a confirmação de uma genuína interacção entre a criança e a sua família.
  • Aos 2 anos, o bebé forma frases com um sujeito e um verbo, usando "eu" e "tu".
  • Aos 3 anos, as crianças sabem cerca de 250 palavras e falam na primeira pessoa do singular. É a qualidade do diálogo com os pais que vai incitar a criança a falar. As refeições são momentos muito importantes nesta etapa da aprendizagem. Quanto mais rico for o diálogo, mais a criança aprende a fazer parte das conversas às refeições.

 

Que jogos usar para promover o desenvolvimento e progresso do meu bebé?

Não há necessidade de saltar etapas ou de tentar aumentar o desenvolvimento do bebé, uma vez que todos os bebés têm o seu próprio ritmo de desenvolvimento. Para ajudar o seu bebé, desde o nascimento, aconselho-a a falar com ele sobre tudo o que o rodeia. Ao fazer isto deve colocar-se a 30 cm da cara do bebé para que ele a possa ver bem.

Por volta dos três meses, o bebé já se sente muito confortável numa cadeirinha de baloiço. Se for macia demais vai impedir o bebé de mover adequadamente os ombros. Adoram objetos em movimento, chocalhos de luz e objetos com buracos onde possam meter os dedos.

A partir dos 5-6 meses, um tapete de actividade é ideal para as primeiras tentativas de movimento do bebé.

Por volta dos 12 meses, um carrinho estável ajuda o bebé a ganhar auto-confiança para andar. Não sou a favor dos andarilhos tradicionais, pois os bebés não conseguem colocar os pés no chão como deve ser promovendo movimentos descontrolados e perigosos. É também a idade ideal para brinquedos de construção (por exemplo, cubos) e para jogos de "faz de conta" (como serviços de chá, bonecas, etc).

Por volta dos 15-18 meses, as crianças são capazes de usar lápis, aguarelas e pincéis. Não se esqueça das rimas e versos infantis. Na minha opinião muitas vezes ficam esquecidos, mas são muito úteis pois ajudam as crianças a contar pelos dedos e a desenvolver a imaginação.

Até aos 3 anos, os jogos e brincadeiras devem encorajar a agilidade e criatividade ao mesmo tempo que ajudam o desenvolvimento muscular.

 

O desenvolvimento psicomotor também depende da alimentação?

Os bebés descobrem a boca, considerada como um sexto sentido, aos cinco meses, permitindo-lhes usar todos os sentidos simultaneamente. Este conhecimento permite ao bebé continuar o seu desenvolvimento psicomotor e construir a sua identidade. Assim, introduzir novos alimentos combinando diferentes texturas, coros, formas e sabores é muito importante. Uma alimentação saudável é também essencial para a mobilidade, pois um peso excessivo vai limitar a movimentação necessária a um desenvolvimento motor normal.

Ler mais

Junte-se ao Clube Bebé Nestlé

Ser mãe pode ser um descanso. Inscreva-se no nosso clube e receba informação personalizada para si e para o seu bebé!

  • presenteOfertas Exclusivas
  • newsletterInformação Personalizada
  • amostrasAmostras
  • Programa Educativo de NutriçãoPrograma Educativo de Nutrição

Inscreva-se já!

Saiba mais sobre as suas necessidades nutricionais
Artigo Comentários