Gravidez
Artigo
Add this post to favorites

3 semanas de gravidez

Está no princípio da viagem, já com três semanas de gravidez. Ainda não consegue ver nada, mas isso não significa que nada se passe.

3min ler Maio 9, 2017

Desenvolvimento do feto

O coração já bate! É apenas uma espécie de motor fraquito. O disco embrionário que é o seu bebé já possui três camadas de células que formarão as diversas partes do corpo. A ciência é algo de maravilhoso. Durante o desenvolvimento do feto, a camada interna, a endoderme, dará lugar aos órgãos do aparelho digestivo, os rins, o pâncreas e os órgãos do sistema respiratório. A camada externa, a ectoderme, formará o sistema nervoso e outros órgãos, como a pele, as unhas e os pelos. A terceira camada formará a maior parte da estrutura óssea, o coração, o trato urinário e os órgãos sexuais. No centro da mesoderme temos o notocórdio, que fará as funções de coluna vertebral provisória, e a partir do qual se formarão o sistema nervoso central, o futuro cérebro e a cabeça. Tem aproximadamente o diâmetro de um cabelo humano!

 

Mudanças no corpo

O período não apareceu na data prevista. No início, certamente não dá importância, mas… e se...? Decide fazer um teste de gravidez e dá positivo. Felicidades! Está prestes a iniciar uma maravilhosa aventura, uma das melhores da sua vida. Ainda não se vê nada, como é evidente, mas não tardará muito a mudar. Não se esqueça de que só tem três semanas de gravidez.

 

O que comer e o que não comer

Nunca foi tão importante como agora que cuide de si e da sua alimentação. A pergunta número um que se coloca é: “O que posso e não posso comer?” E logo outra questão: “Tenho de comer por dois?” Não, as mamãs grávidas não têm de “comer por dois”, no sentido de comer o dobro do habitual. Mas é necessário optar por alimentos de alta qualidade, que contenham todos os nutrientes importantes. O ácido fólico, existente nas verduras de folha verde, é importantíssimo para o desenvolvimento do feto, assim como o zinco, presente no grão integral. Basicamente, o que é bom para o seu bebé é, quase de certeza, bom para si também.

 

Conselhos para grávidas

Durante a gravidez, devem evitar-se alguns alimentos. Devido ao elevado teor em toxinas, o marisco cru pode implicar risco para o feto. Encare como um adeus temporário as amêijoas, as ostras cruas, o sushi e o sashimi, e até o salmão. A carne pouco passada, as aves, e os ovos crus ou pouco cozidos, podem conter bactérias que poderão ser prejudiciais para o desenvolvimento do bebé. Também deve lavar muito bem as verduras e evite maionese ou saladas temperadas com qualquer molho, assim como condimentos com ovos crus.

 


 

Testemunhos das mamãs

Sónia, 28 anos, 1 mês de gravidez

“Estou grávida! Sinto-me feliz e preocupada ao mesmo tempo. A minha cabeça está repleta de perguntas. E isto quando o meu bebé não tem mais do que o tamanho de um grão de arroz! Uau, estou supercontente!”