Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Partilhe Artigo
X

Depois da cesariana

 

Cada mulher experiencia o pós-parto da sua própria maneira especial. Não tem importância se teve o bebé por parto normal, por cesariana programada ou por cesariana de emergência. Algumas mães recuperam muito depressa. Pelo contrário, outras lutam com problemas físicos e psicológicos.

Quinta-feira, 5 de Janeiro de 2017

É importante manter na sua mente uma coisa: dar à luz não é fácil, mas é uma experiência única que muda a sua vida. Assim, não só o bebé merece muita atenção, apoio e cuidados, mas também a mãe os merece. Para saber que desafios pode ter de enfrentar depois de uma cesariana, preparámos esta área para si.

 

Separada do bebé durante o pós-operatório

Por vezes o primeiro exame médico logo após o nascimento do bebé não ocorre no bloco de partos. Depois da cirurgia, o bebé é levado para outra sala enquanto a mãe continua a ser tratada pela equipa médica.
A mãe deve informar-se sobre os procedimentos praticados no hospital escolhido e deve expressar os seus desejos. Por exemplo, deve falar especialmente com o médico ou enfermeira parteira sobre o desejo de amamentar o seu bebé, tão cedo quanto possível. O seu desejo irá certamente ser apoiado por ela.

 

Amamentar o bebé pela primeira vez

A amamentação é a melhor forma de alimentar e nutrir os bebés. Para bebés nascidos por cesariana é extremamente importante, já que o leite materno ir-lhes-á fornecer bifidobactérias essenciais, para uma melhor colonização do intestino com bactérias benéficas desde o primeiro dia. Durante o parto normal, o bebé entra em contacto com as bactérias da flora vaginal da mãe e estas bactérias alojam-se no intestino do bebé, favorecendo o desenvolvimento de uma flora intestinal saudável.

Numa cesariana, o bebé perde o contacto com as bifidobactérias benéficas maternas. Assim, o leite materno é especialmente importante e valioso. O Professor Dr. Radke explica melhor este tema na nossa área “Entrevista com Especialista em Pediatria”.
Se planeou uma cesariana e quer amamentar o seu bebé tão cedo quanto possível, tem de falar com o seu médico, sobretudo acerca do tipo de anestesia. Após uma anestesia geral terá de esperar mais tempo para poder amamentar do que se fizer uma anestesia epidural.
Fale com a equipa hospitalar acerca dos seus desejos e informe-se sobre as práticas do hospital em que vai ter o seu bebé.

 

A posição adequada para amamentar

Após uma cesariana, para muitas mulheres, é difícil encontrar a melhor posição para amamentar, ou seja, aquela que não provoque dores na cicatriz. Peça ajuda à enfermeira parteira sobre como pode segurar o bebé no seu braço de modo a poder dar de mamar. Deixamos aqui duas posições que poderão ser das mais confortáveis após uma cesariana:

  • Deitada: Deite-se de lado, a sua barriga voltada para a barriguinha do seu bebé. Se colocar o bebé em cima de uma ou mais almofadas, pode segurar e guiar a sua cabecinha.
  • Sentada: Quando sentada, pode proteger a cicatriz com uma almofada. Normalmente, as almofadas podem ajudá-la a encontrar uma posição confortável para amamentar. Também é útil ter uma almofada de amamentação.

Se depois do parto estiver separada do bebé, por razões médicas ou por não poder amamentar devido a medicação, deve usar uma bomba de modo a estimular a produção de leite. Assim que mãe e bebé estiverem “em forma” e saudáveis, pode começar ou continuar a amamentar o bebé.

 

Problemas com a amamentação

Após uma cesariana, a produção de leite começa um pouco mais devagar. Os especialistas sugerem que isto se deve ao atraso das alterações hormonais. Uma mãe que teve um parto por cesariana precisa normalmente de paciência, mas depois a amamentação vai funcionar tão bem como nos partos normais.

Coloque o bebé ao peito tão frequentemente quanto possível e – se necessário – estimule a produção de leite usando uma bomba. Para além disso, pode pedir apoio à enfermeira parteira. Ela sabe as melhores dicas e os melhores conselhos para estimular a produção de leite.

Em nenhuma circunstância, se deve colocar a si própria sob pressão. Tente permanecer calma, mesmo quando a ejeção de leite estiver atrasada. Desde que os médicos e enfermeiras garantam que o seu bebé está bem, não há razões para se preocupar.

 

Stresse psicológico

Para além dos sintomas físicos, para muitas mulheres, uma cesariana também pode causar stresse mental. Sobretudo depois de uma cesariana não planeada, muitas mulheres sofrem de “sentimento de culpa”.

Por favor, lembre-se que a cesariana foi necessária e que foi a forma mais adequada de dar ao seu bebé o melhor começo de vida. É uma sorte, para si e para o seu bebé que, em caso de emergência, exista a opção de fazer uma cesariana.

Mesmo mães com cesarianas planeadas experienciam muitas vezes um sentimento de perda, por não terem passado pelo sentimento clássico do nascimento. As diferentes impressões do parto são primeiro de natureza hormonal e – por isso – é difícil observar a existência de regras ou conjuntos de sensações característicos da ocasião. No entanto, uma coisa é certa: após o nascimento, a única coisa que conta é que o bebé prospere e que todos se sintam bem. A tristeza irá desaparecendo, assim que se foque no seu bebé e no vosso futuro partilhado e feliz. 

 

Regras após uma cesariana

Uma cesariana é, ao fim e ao cabo, uma cirurgia. Assim, existem regras claras que deve seguir de forma a proteger-se:

  1. Não levante objetos pesados!
  2. Até às 5-6 semanas após a cirurgia não lhe é permitido pegar em objetos pesados (mais de 5 kg). A cicatrização completa da incisão demora 10 semamas.
  3. Recupere lentamente!
  4. Comece devagar com a ginástica pós-natal. Pergunte à sua enfermeira ou médico e comece com apenas alguns exercícios.
  5. Não tome banho de imersão!
  6. É-lhe permitido tomar um duche, mas deve aguardar 5 semanas até tomar um banho de imersão. As secreções vaginais pós-parto não devem entrar em contacto com a cicatriz.
  7. Evite uma nova gravidez!
  8. Os especialistas recomendam esperar pelo menos um ano até uma próxima gravidez. O útero tem de recuperar convenientemente.
  9. Evite atividade sexual!
  10. Deve evitar atividade sexual nas primeiras 5-6 semanas pós-parto, até a cicatriz estar suficientemente cicatrizada.
  11. Não se esqueça dos cuidados ginecológicos pós-cirúrgicos!
  12. Ao final de 5-6 semanas deve ir ao seu ginecologista para que a cicatriz seja observada.
  13. Reaja instantaneamente!
  14. Se surgirem complicações, como febre, dores de barriga ou hemorragias, não hesite em contactar de imediato o seu médico. 

 

Ler mais

Junte-se ao Clube Bebé Nestlé

Ser mãe pode ser um descanso. Inscreva-se no nosso clube e receba informação personalizada para si e para o seu bebé!

  • presenteOfertas Exclusivas
  • newsletterInformação Personalizada
  • amostrasAmostras
  • Programa Educativo de NutriçãoPrograma Educativo de Nutrição

Inscreva-se já!

Saiba mais sobre as suas necessidades nutricionais

Ainda não encontrou
O que procura?

Experimente a nova forma de pesquisar. Nós temos sempre ifnromação útil para si.