Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Partilhe Artigo
X
A minha gravidez saudável

O meu quarto mês de gravidez

 

A minha última menstruação foi há 16-19 semanas o que quer dizer que estou grávida de 14-17 semanas. O meu bebé está alegremente a chuchar o dedo na minha barriga. Já eu, tenho um desejo irresistível de comer morangos… Mesmo irresistível!

Quinta-feira, 21 de Abril de 2016

Estou grávida de 4 meses!

 

Como está a evoluir o meu bebé?

O seu bebé está cada vez mais ativo: até pode começar a senti-lo a mexer! Estas sensações, vão ser, ao princípio, muito leves, como borboletas ou bolhas no estômago. Até pode acontecer que não sinta nada por enquanto. Tenha paciência... Não vai demorar muito mais. O seu bebé pode agora abrir a boca, virar os olhos, franzir a cara e até levar o seu dedo à boca e chuchar nele!

Os seus sentidos estão a continuar a desenvolver-se. A sua retina está agora a começar a funcionar. O seu sentido do tato está a desenvolver-se, graças aos "corpúsculos tácteis", que são zonas sensíveis muito pequenas na pele. Vai ter de esperar pela 24ª semana para que experimente esta perceção táctil, já que só nessa altura o seu sistema nervoso terá alcançado maturidade suficiente. O seu sentido do olfato está também a desenvolver-se pouco a pouco, mas o seu bebé não vai conseguir detetar odores até entrar no sétimo mês. Vai também começar a aprender a saborear graças aos sabores do líquido amniótico, que variam em função dos alimentos que a mãe come. Finalmente, a partir da 15ª semana, o seu bebé vai começar a ouvir! Através do líquido amniótico vai identificar sons como o do seu coração, o do seu estômago e principalmente da sua voz. Pode começar a falar suavemente ao seu bebé para acalmá-lo, mesmo que ele ainda não seja capaz de perceber!

 

Os meus bons hábitos alimentares

Os enjoos e a aversão e repulsa a determinados alimentos do primeiro trimestre terão chegado ao fim: vai recuperar o prazer de comer e vai desfrutar dos alimentos. Pode ceder a caprichos mas não exagere! No que respeita ao ganho de peso, não há uma regra rígida: tudo depende do seu peso corporal, do seu estado de saúde e do seu metabolismo... Em média, o aumento de peso ideal será de 300 a 350 g por semana durante o segundo trimestre; o seu médico poderá dizer-lhe o que é melhor para si.

Preste especial atenção ao seu aporte de iodo, que é um nutriente essencial para o bom funcionamento da tiroide. Este mineral pode ser fornecido através da alimentação, principalmente com o sal de mesa iodado. Atenção que o sal não deve ser consumido em excesso. Não há qualquer vantagem em encher o seu prato de sal, é uma questão de encontrar o equilíbrio certo! Não hesite em pedir conselhos ao seu médico se quiser saber mais.

 

A questão do 4º mês: apetece-me qualquer coisa doce – o que devo fazer?

Sonhar com uma boa tarte de morango ou uma apetitosa mousse de chocolate durante a gravidez é muito comum. Mais uma vez, as responsáveis são essencialmente as suas hormonas. Devo ceder a estes ataques de fome e de desejo por doces? Sim, de tempos a tempos, mas apenas com bom senso, claro, e enquanto continua a fazer uma alimentação variada e equilibrada! Tome nota que, para satisfazer os seus desejos por doces, o ideal é optar por fruta fresca ou frutos secos, sobremesa à base de leite (não de natas!) e iogurte natural. Prefira produtos "simples" em pequenas quantidades: por ex. coma um quadrado de chocolate negro em vez de um bolo demasiado rico em gordura e açúcar.

O seu bebé está dentro de uma bolha na sua barriga e os seus órgãos vitais continuam a desenvolver-se a cada segundo que passa. Está impaciente para saber o sexo do seu bebé. Tenha paciência, a 2ª ecografia está já marcada para o próximo mês!

Ler mais

Junte-se ao Clube Bebé Nestlé

Ser mãe pode ser um descanso. Inscreva-se no nosso clube e receba informação personalizada para si e para o seu bebé!

  • presenteOfertas Exclusivas
  • newsletterInformação Personalizada
  • amostrasAmostras
  • Programa Educativo de NutriçãoPrograma Educativo de Nutrição

Inscreva-se já!

Conteúdo Relacionado
Artigo Comentários