Programa Educativo de Nutrição
Add this post to favorites

Não se esqueça do seu sistema de apoio. Um plano de ação destinado a familiares e amigos.

Decidir amamentar é uma das decisões mais importantes que pode tomar em relação à saúde do seu bebé.
3min ler Ago 16, 2016

É um compromisso que começa desde o seu nascimento e que pode, idealmente, prolongar-se por 6 meses ou mais. Vários estudos demonstraram que as mulheres são mais suscetíveis de começar e continuar a amamentar se forem encorajadas pelas pessoas que as rodeiam. Nesse sentido, poderá precisar de uma "equipa de apoio". Qualquer pessoa que lhe seja próxima poderá integrá-la: o seu parceiro, familiares, amigos, ou até o seu médico.

De certeza que muitas pessoas que fazem parte da sua vida quererão ajudá-la durante este período entusiasmante, mas não sabem qual a melhor forma de o fazer. Dizer-lhes do que precisa (e quando!) pode ajudá-las a dar-lhe ajuda.

Damos-lhe algumas dicas para ajudá-la a constituir a sua equipa de apoio. Porque cada equipa de apoio é única, não hesite em acrescentar algumas das suas ideias às nossas sugestões.

1. Aprendam juntos: Incite as pessoas que integram a sua equipa de apoio a informarem-se sobre amamentação. Quanto mais souberem, mais facilmente conseguirão falar juntos sobre o tema.

2. Falem uns com os outros: A comunicação é a chave do sucesso. Transmita os seus sentimentos e emoções e diga às pessoas à sua volta de que forma a podem ajudar. Mesmo que o ato de amamentar em si possa ocorrer apenas numa relação exclusiva entre si e o seu bebé, a sua experiência de amamentação será mais positiva se deixar que os outros a ajudem.

3. Apoiem-se mutuamente: Simpatia, paciência e incentivo podem fazer muito, quaisquer que sejam as pessoas que constituem a sua equipa de apoio. A sua decisão de amamentar deve despertar em si e nas pessoas à sua volta um sentimento de orgulho. Por isso, lembre-se de se ajudarem e se apoiarem mutuamente ao falarem da sua decisão de amamentar com outras pessoas. Apoiar pode também significar ajudá-la a manter um estilo de vida saudável. O seu parceiro pode ajudá-la a comer corretamente e a ficar hidratada, já que isso irá ajudar na sua produção de leite.

4. Peça ajuda para tratar dos afazeres domésticos: Não tenha medo de pedir ao seu parceiro ou a alguém da sua equipa de apoio para ajudar nos afazeres domésticos, fazer recados ou preparar refeições saudáveis, para que possa dedicar tempo a amamentar o seu bebé ou a descansar.

5. Se tem um parceiro(a), peça-lhe para se juntar a si quando amamenta: Amamentar pode ser um momento de calma e descontração para si, para o seu parceiro e para o seu bebé, um momento em que podem estar simplesmente juntos a criar laços. Existem muitas formas do seu parceiro a ajudar, mesmo que, na prática, seja a única a amamentar. Por exemplo, quando você e o seu bebé estiverem ainda na fase de aprendizagem da amamentação, o seu parceiro poderá ajudá-la na identificação dos sinais de fome e de saciedade do bebé. Também poderá mudar a fralda antes das mamadas durante a noite. E porque a hidratação de uma mão que amamenta é muito importante, o seu parceiro pode encarregar-se de lhe trazer um copo de água para que possa beber enquanto o bebé estiver a mamar.

6. Mime o bebé: Enquanto a amamentação responde às necessidades nutricionais do seu bebé, a nutrição emocional também desempenha um papel importante no seu desenvolvimento. Os parceiros podem dar carinho, abraçar, brincar e passar tanto tempo quanto possível a alimentar o desenvolvimento do seu bebé.

Por último, lembre-se de que o seu “parceiro” pode ser qualquer familiar ou amigo de confiança que esteja desejoso de ajudá-la no seu desejo de amamentar o seu bebé por tanto tempo quanto possível.