Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Partilhe Artigo
X
35semanas_background

35 semanas de gravidez

 

No espaço aproximado de um mês poderá ter o seu anjinho nos seus braços. Porém, até essa altura vão ocorrer muitas coisas emocionantes no seu interior. Leia mais sobre esta semana.

Terça, 25 de Julho de 2017

Desenvolvimento do feto

31 semanas

Já vai nas 35 semanas de gravidez e os pulmões do seu bebé já estão prontos, e não apenas para o primeiro choro depois de nascer! A substância que cobre a superfície interna das extremidades dos seus alvéolos brônquicos está presente em quantidades suficientes para assegurar a sua flexibilidade e prevenir o seu colapso. As trocas entre si e a sua placenta continuam. É isso que mantém o volume de líquido amniótico, contido no chamado saco amniótico. Quando o bebé estiver prestes a chegar ao mundo, este rompe-se (o “rebentar das águas”). É o sinal de que deve ir para o hospital.

Mudanças no corpo

De um dia para outro, respira melhor e a digestão melhorou. O que se está a passar? Muito simples: o seu bebé está a fazer o que tem de fazer, tendo colocado a cabeça para baixo na sua bacia. É possível que talvez tenha notado uma ligeira dor no abdómen, são contrações que pressionam o seu útero para baixo, para dar aos pulmões e ao estômago um pouco mais de espaço. Nas últimas semanas da gravidez, terá sem dúvida a sensação de que o seu corpo começa a preparar-se para o nascimento do seu filho.

O que comer e o que não comer

31 semanas

Existe um motivo pelo qual os ómega 3 são chamados “ácidos gordos essenciais” e é muito óbvio: são essenciais. O nosso corpo não pode sintetizá-los. Participam na estrutura das membranas celulares e, em particular, do cérebro. Atuam na regulação do fluxo de informações entre as células, especialmente as neuronais, e são imprescindíveis para uma função imunitária normal. Todos os ómega 3 que come passam para o corpo do seu bebé através da circulação fetoplacentária. Encontra estes ácidos gordos “mágicos” nos azeites de linhaça e colza, as nozes e o azeite de noz, o gérmen de trigo e os peixes gordos como o salmão, a sardinha, o alabote e a cavala. Lembre-se deles quando temperar a sua salada e coma algumas porções de peixe gordo todas as semanas (mas escolha peixes pequenos, como sardinhas, cavalas e arenques, para evitar o risco de contaminação de mercúrio).

Conselhos para grávidas

À medida que a gravidez prossegue, algumas mulheres perguntam-se se serão capazes de dar de mamar. Saiba que amamentar um bebé é a coisa mais natural do mundo. O seu filho já sabe exatamente o que fazer porque já praticou a sucção na barriga. E se alguma vez tiver dificuldade para conseguir que mame, existem muitas ajudas que lhe podem servir. O leite materno é o melhor que pode dar ao seu filho; é um verdadeiro milagre da natureza. A partir da segunda semana aproximadamente, os bebés começam a engordar cerca de 30 g por dia ao tomarem apenas leite materno. Além disso, o seu leite ajusta-se automaticamente as necessidades do bebé. No início da amamentação, o leite é fluído e aquoso, com o propósito de acalmar a sede do bebé. Depois torna-se mais espesso e mais rico, para saciar a sua fome. Se o seu filho desenvolver um apetite maior, o seu corpo ajusta-se ao fim de dois dias e produzirá mais leite. Incrível! Contudo, se não puder amamentar o seu bebé por motivos médicos, não tem de se preocupar. O leite em pó moderno para bebés é muito semelhante ao leite materno e pode fornecer ao bebé os nutrientes adequados.

Ler mais

Junte-se ao Clube Bebé Nestlé

Ser mãe pode ser um descanso. Inscreva-se no nosso clube e receba informação personalizada para si e para o seu bebé!

  • Ofertas ExclusivasOfertas Exclusivas
  • Benefit 3Informação Personalizada
  • Amostras e Vales
  • Programa Educativo de NutriçãoPrograma Educativo de Nutrição

Inscreva-se já!

Conteúdo Relacionado