Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Partilhe Artigo
X

Como detectar a intolerância à lactose nos bebés

 

Aproximadamente 70% da população mundial é intolerante à lactose. Após a amamentação materna, o ser humano sofre uma diminuição progressiva da lactase. A quantidade de lactase que se mantém depois deste processo é a que determina a tolerância do indivíduo à lactose.

Quarta-feira, 25 de Janeiro de 2017

O que é uma intolerância alimentar? Uma intolerância alimentar acontece quando o aparelho digestivo não consegue digerir apropriadamente um alimento. Habitualmente tolera-se uma certa quantidade do alimento que produz a intolerância.

 

É importante não confundir intolerância com alergia alimentar. No caso da alergia existe uma implicação do sistema imunitário, que identifica o alérgeno, reage de maneira descontrolada e desencadeia uma reação alérgica. Alguns dos sintomas são iguais em ambas situações mas as diferenças são muito importantes. Se sofre de intolerância e ingere o alimento que é a causa, sentir-se-á mal. No entanto, se tiver uma alergia alimentar, a reação do seu corpo a esse alimento pode chegar a ser bastante grave, como no caso da alergia à proteína do leite de vaca (APLV).

 

O que é a lactose?

A lactose é um açúcar que está presente no leite de vaca, cabra, ovelha e no leite materno. Também está presente nos produtos lácteos produzidos a partir do leite. A lactase é uma enzima que o nosso organismo produz e que tem a função de ajudar a digerir a lactose no organismo.

 

Portanto, o que é a intolerância à lactose?

É a incapacidade de digerir a lactose, que sucede porque o organismo produz uma quantidade insuficiente de lactase. Quando se ingere mais lactose do que o organismo é capaz de digerir, aparecem os sintomas e o desconforto, como flatulência, inchaço, cólicas, erupção cutânea, eczema, etc. Isto é muito desconfortável no caso dos bebés.

 

Como posso saber se o meu bebé é intolerante à lactose?

Perante a suspeita de uma intolerância à lactose em bebés lactantes, o melhor é consultar o pediatra para que sejam feitos os exames pertinentes e permitam um diagnóstico adequado. Depois do diagnóstico, o bebé terá que manter uma alimentação isenta de lactose.

 

O que devo fazer se o meu bebé sofre de intolerância à lactose?

Às vezes a intolerância pode ser secundária, quer dizer que deriva de um outro problema pontual que afetou o seu bebé, como, por exemplo, uma diarreia. Nesse caso deve diminuir a lactose ou eliminá-la da alimentação durante alguns dias. No caso de intolerância primária, isto é, causada por uma baixa produção constante de lactase, deverá eliminar completamente a lactose da alimentação do bebé e alimentá-lo apenas com leite sem lactose.

 

Uma dieta sem lactose

O consumo de lácteos é muito importante para todos, e muito especialmente na alimentação infantil, por esse motivo é importante assegurar-se de que continua a ser ingerido na quantidade adequada. Os bebés entre os 6 meses e um ano devem ser alimentados com uma fórmula sem lactose e, pouco a pouco, introduzir na sua dieta diferentes alimentos, como frutas, legumes, carnes, cereais, etc. Existem também papas sem lactose. Quando o bebé começar a ser alimentado com qualquer tipo de produto processado, é muito importante comprovar no rótulo que o leite e os seus derivados não estão presentes, até porque é habitual que apareçam.

Ler mais

Junte-se ao Clube Bebé Nestlé

Ser mãe pode ser um descanso. Inscreva-se no nosso clube e receba informação personalizada para si e para o seu bebé!

  • presenteOfertas Exclusivas
  • newsletterInformação Personalizada
  • amostrasAmostras
  • Programa Educativo de NutriçãoPrograma Educativo de Nutrição

Inscreva-se já!

Saiba mais sobre as suas necessidades nutricionais

Ainda não encontrou
O que procura?

Experimente a nova forma de pesquisar. Nós temos sempre ifnromação útil para si.