Programa Educativo de Nutrição
Add this post to favorites

Introdução à amamentação

Com umas noções básicas sobre o leite materno, a amamentação e o seu bebé amamentado, conseguirá desfrutar plenamente de cada momento em que amamenta e cuida do seu bebé.

5min ler Ago 3, 2016

Alterações do leite materno

O colostro, o primeiro leite produzido após o parto, é muito mais benéfico para o recém-nascido do que muitas pessoas pensam. É nas suas primeiras gotas de colostro que assenta toda a construção de um sistema imunitário forte para o seu bebé. Cada mamada nos 3 a 5 dias a seguir ao parto será rica em proteínas, vitaminas, prebióticos e ácidos gordos essenciais, especialmente adaptados às necessidades do recém-nascido. O colostro é um líquido de cor bege ou amarelada com uma consistência mais espessa do que o “leite seguinte”.

O colostro passa então a “leite de transição”, o que permanecerá por um período de 2 semanas. Este leite é mais rico em calorias, gorduras e vitaminas, de modo a acompanhar as necessidades nutricionais do seu bebé que estão em constante evolução.
Por fim, temos o “leite maduro”, que irá produzindo para o seu bebé daí em diante. Possui uma maior concentração em água para assegurar a hidratação, mas com o equilíbrio correto de proteínas, gorduras e hidratos de carbono, necessários para o seu crescimento. A quantidade de leite materno produzida difere de uma mamada para outra, sendo que o teor em nutrientes adapta-se às necessidades do bebé.


Algumas informações sobre proteínas

A proteína desempenha um papel particularmente importante para o seu bebé. Os aminoácidos (os mais pequenos constituintes da proteína) são necessários ao crescimento, desenvolvimento e à saúde do seu bebé. De facto, a proteína é um dos constituintes mais presentes nesse corpinho acabado de nascer. Esta assegura um sistema imunitário saudável, bem como o desenvolvimento dos músculos, do cérebro e de outros órgãos. Os Profissionais de Saúde consideram a proteína um elemento de extrema importância no desenvolvimento e crescimento saudáveis a longo prazo do seu bebé. Felizmente, o leite materno é capaz de produzir a mistura de proteínas certas para satisfazer as necessidades do seu bebé.


Considerações sobre a posição

Pensar desde já em algumas posições confortáveis irá fazer da amamentação um momento muito mais agradável para si e para o seu bebé.

  • Ser dextra ou canhota poderá influenciar as posições que escolherá para amamentar o seu bebé. Isso significa que poderá recorrer a posições diferentes de acordo com o braço que irá suportar o peso do bebé no momento da amamentação. Segurá-lo apenas com um braço pode tornar-se cansativo. Por isso, pense em duas posições, uma preferencial e outra secundária, para ir alternando, se for necessário.
  • Sente-se ou deite-se confortavelmente antes de pôr o seu bebé em posição. Ele poderá assim começar logo a mamar, evitando eventuais necessidades de o incomodar para se ajeitar novamente.
  • A cabeça do seu bebé não deve estar nem muito para baixo, nem muito para cima, pois essas posições dificultam a sucção.
  • Coloque o seu bebé em posição para mamar assim que observar os primeiros sinais de fome. Se ele estiver pronto para mamar, estará desperto e calmo, mexendo os lábios. Não espere que ele se irrite e chore.
  • O leite materno passa por três etapas, cada uma suprindo as necessidades nutricionais do seu bebé nesse momento.

 

Fazer arrotar o seu bebé amamentado

Embora não exista ar nas suas mamas, o seu bebé poderá engolir ar no processo de pegar e largar a mama, ou quando chora.

  • Deixe o seu bebé mamar até ele próprio largar a mama e aproveite para ver se ele quer arrotar.
  • É importante dar ao seu bebé a oportunidade de arrotar mas não se preocupe se ele não o fizer. Os bebés amamentados engolem menos ar, pelo que têm uma necessidade menor de arrotar.

 

Contar o número de fraldas sujas

O leite materno possui propriedades naturais que ajudam a regular as fezes e a libertar o mecónio, as primeiras fezes do bebé, que resultam da sua ingestão de líquido amniótico durante a gravidez.

  • Nas primeiras 48 horas, as fezes terão uma cor muito escura. Geralmente, o bebé faz um cocó nas primeiras 24 horas e dois no dia seguinte.
  • A partir do terceiro dia, prepare-se para mudar pelo menos três fraldas com cocó por dia.
  • Se o bebé fizer três ou mais cocós moles e amarelados por dia, nas primeiras 4 a 6 semanas, é um bom indicador de que está a ser bem alimentado.


Amamentação com contacto pele a pele

O contacto pele a pele, também designado “Método mãe canguru”, é reconhecido pelo seu poder benéfico tanto para a mãe como para o bebé. Veja as vantagens da amamentação com contacto pele a pele:

  • Ajuda a estabilizar a temperatura corporal e o ritmo cardíaco do seu bebé.
  • Melhora o padrão respiratório do bebé.
  • Melhora os períodos de sono profundo do bebé, pelo que fica mais descansado e preparado para a amamentação.
  • Diminui a sua resposta ao stress e tem um efeito calmante em si e no seu bebé.
  • Aumenta a sua produção de leite materno.

 

Sinais da boa saúde de um bebé amamentado 

A incapacidade de medir a quantidade de leite ingerido pelo seu bebé poderá fazê-la sentir com um pouco de ansiedade. Mas existem formas muito simples de verificar que está a satisfazer todas as necessidades nutricionais do bebé.

  • As mamadas são momentos agradáveis para ambos.
  • O seu bebé mama avidamente, mas com calma.
  • Após a mamada, os braços e as mãos do seu bebé estão mais descontraídos.
  • Três ou mais fraldas sujas por dia durante as primeiras 4 a 6 semanas.
  • Sente as mamas mais suaves e menos cheias após a mamada.
  • O aumento de peso do seu bebé situa-se entre 30 a 40 g/dia nos primeiros 3 meses.

 

Manter a sua energia em alta

A amamentação exige muita energia. Deverá por isso ingerir cerca de 500 calorias adicionais para conseguir responder à necessidade de produção de leite. Demonstre sabedoria na utilização dessas calorias adicionando à sua dieta alimentos ricos em nutrientes. Exemplos de lanches saudáveis:

  • Bolachas integrais com queijo magro e rodelas de tomate ou fruta fresca.
  • Iogurte ou smoothie de fruta.
  • Um ovo cozido ou meia sanduíche com alface e atum.
  • Uma mistura de amêndoas ou nozes e arandos ou cerejas desidratadas.